Núria Mascarenhas, 4º Ano

2

Na sociedade há muitas pessoas tentando conquistar o mundo exterior, mas não o seu mundo interior. Elas compram bajuladores, mas não amigos; roupas de grife, mas não o conforto. Colocam trancas nas portas, mas não tem proteção emocional.

(in A saga de um pensador – O Futuro da Humanidade)

Diga-me, caro leitor, alguma vez se perguntou quais seriam os nomes pertencentes às peças cadavéricas, que por nós foram exploradas, dissecadas e, que estão expostas no teatro anatómico? Quais seriam os seus sonhos, amores, amigos e tristezas?

Se está à procura de um livro que lhe permita fazer uma introspeção acerca de como tratar o ser humano nos seus momentos mais vulneráveis, um livro que mude a sua forma de pensar, ser e estar, então: está no sítio certo!

Senhoras e senhores abram alas para: A saga de um pensador – O Futuro da Humanidade.

Nesta edição, dedicada à educação médica, trouxemos-vos o primeiro romance de Augusto Cury. Psiquiatra, psicoterapeuta, doutor em psicanálise e professor. Cury traz-nos uma brilhante narrativa de e para qualquer profissional que lide directa ou indirectamente com vidas humanas.

Uma história impressionante sobre as aventuras de um estudante de medicina, Marco Polo, que é confrontado com a dura realidade académica, a insensibilidade e frieza dos seus professores. Indignado por não compreender a desumanização inerente a profissionais que lidam, no seu quotidiano, com o que de mais sublime existe, o jovem desafia profissionais de renome internacional, de forma a provar que os pacientes com perturbações psíquicas precisam de muito mais do que fármacos e diálogo oco – precisam de ser tratados como pessoas, como iguais. Pois cada doente é muito mais do que um conjunto atomizado de sintomas e sinais. É um ser humano com uma história complexa e única de perdas e desilusões.

Numa luta constante contra a discriminação, Marco Polo provoca um repensar do profissionalismo e da ética, mostrando que quem só sabe Medicina, nem Medicina sabe.

Há quem diga que há livros que nos moldam à sua imagem e semelhança. Há quem diga que há livros que se afeiçoam a nós e que se tornam nossos amigos. Há quem diga que há livros que nos instruem mais de que um curso de 6 anos. É com muito prazer que anuncio ter lido um livro assim…

A saga de um pensador – O Futuro da Humanidade é um livro assim.

Anúncios